Prova de carga: procedimento que garante a segurança das fundações

DESTAQUE_MAOS_A_OBRA_2016_11_07_003Nesta semana o quadro Mãos à Obra, exibido no Programa Pai Eterno, vai mostrar a teoria e a prática de como é feita a prova de carga na construção do Novo Santuário de Trindade, em Goiás. Nesta segunda-feira, 7, o engenheiro Kléssio Gonçalves falou detalhes sobre o tema e explicou na teoria como funciona esse processo fundamental para a segurança da obra. (Assista ao vídeo abaixo)

Sobre o conceito da prova de carga, Kléssio explicou que o procedimento é fundamental para verificar a relação entre a fundação e o solo: “Para o fiel entender melhor o que é uma prova de carga, temos que partir do começo: o projeto de fundação. Ele é regulamentado por uma norma brasileira e exige para cada tipo de fundação ensaios que devem ser feitos para comprovar se aquela fundação vai suportar a carga de projeto”.

Veja também:

DESTAQUE_MAOS_A_OBRA_2016_11_07_002Na realidade da construção do Novo Santuário, a prova de carga é feita, atualmente, para verificar a fundação das estacas raiz. “Ela tem uma capacidade de projeto, só que como temos vários terrenos diferentes, temos que comprovar que aquela carga será suportada por aquela estaca. O procedimento de prova de carga é regulamentado também por norma brasileira, e é feito a partir de um macaco hidráulico, centralizado na estaca, e vamos colocando carga em cima da estaca e medindo o deslocamento dela até atingir o dobro da capacidade estipulada no projeto”, ressaltou o engenheiro.

De acordo com Kléssio Gonçalves, a prova de carga é justamente para verificar se tudo está acontecendo na obra conforme projetado pelo projetista de fundação. “A prova de carga não é só o concreto, mas sim a interação do concreto com a armação e com o solo. Se ela não for feita, não atenderá a norma. Como na obra do Novo Santuário nós trabalhamos sempre dentro da norma, cumprindo todas as regras possíveis, a gente já cumpri isso. No projeto é estipulada uma carga, mas se no solo da região tiver algum tipo de rocha diferente, pode ser que aquela estaca não suporte a carga do projeto”, concluiu.

No Programa Pai Eterno de amanhã, 8, a reportagem mostrará os funcionários e os equipamentos utilizados para a prova de carga. Aguarde!

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.